Siga-nos:  facebook

Participe do grupo Laser Care
E-mail:

MÓDULO 2: A alimentação equilibrada para cada indivíduo

A análise dos genes envolvidos em vias metabólicas importantes do organismo (colesterol, ácido fólico, vitamina D,

desintoxicação, estresse oxidativo) permite otimizar a própria alimentação melhorando o bem estar e a saúde.
Metabolismo dos Folatos e Homocisteína: O ácido fólico é introduzido no organismo através da alimentação e a síntese é efetuada pela flora bacteriana intestinal. Essencial na prevenção de malformação neonatal, importante na prevenção das patologias cardiovasculares, a disponibilidade de ácido fólico depende do funcionamento de alguns genes. O teste genético fornece indicações para eventuais comprometimentos desse processo para manter a relação deste importante nutriente adequada.
Metabolismo do Cálcio e Vitamina D: A vitamina D promove a absorção do cálcio e está envolvida na resposta imunológica e na prevenção de doenças, como por exemplo a osteoporose. O teste genético identifica variáveis do DNA

que alteram a assimilação da vitamina D contida nos alimentos. Modificando o próprio regime alimentar, é possível restaurar o equilíbrio metabólico.
Obesidade e Metabolismo dos Lipídios: Níveis elevados de colesterol e triglicerídeos comportam um risco de desenvolver diversas doenças, entre as quais a hipertensão, arteriosclerose, diabetes. A absorção e o metabolismo das gorduras dependem também constituição genética individual. O teste genético identifica variáveis do DNA que modulam o metabolismo das gorduras e indica como intervir para manter-se saudável.
Desintoxicação e Stress Oxidativo: Através do processo de desintoxicação, nosso organismo elimina toxinas que se acumulam e formam radicais livres, causa esta de numerosas doenças. O teste de DNA identifica variáveis genéticas que determinam uma maior capacidade de autodepuração do organismo. Conhecer essas variáveis é fundamental para modular o próprio regime alimentar e evitar um acúmulo excessivo de toxinas no nosso corpo.